Blog | Amey

Militarismo Fashion

O militarismo invadiu nosso 2017! E nossa coleção Polaroid Amey também tem seu perfume. Cores fortes,  parkas e a cartela verde musgo  marcam presença na coleção. Shorts de verniz, macaquinhos de alfaiataria, casacos de shapes rígidos e jaquetas bomber são queridinhos nessa coleção e as tendências mais aclamadas nas passarelas e nas ruas. Separamos para vocês peças práticas, sexys e cool, como manda o figurino! Atenção, sentido: marchem!

 

Militarismo-Fashion-Amey

 

 

 

Militarismo em alta

E como tínhamos previsto e visto dos desfiles das semanas de moda e ensaios das mais aclamadas revistas de moda o militarismo chegou chegando!  Desde a cor marcante da tendência, o verde musgo, até brasões e referências delicadas, ele promete ser o protagonista desse inverno.

 

 

Vogue-Militarismo-Fashion-Amey

 

Por que estamos super empolgadas com essa tendência? Porque ela exalta o empoderamento feminino e tem tudo a ver com a luta pela igualdade de direitos e pelo reconhecimento da importância da mulher no mercado de trabalho e na história.  A importância dada ao papel da mulher enquanto soldados ou enfermeiras durante a Segunda Guerra Mundial era crescente, e atualmente, tem sido muito debatida e relembrada. As mulheres da época trocaram os aventais por uniformes de guerra e serviram o país ao lado dos seus companheiros masculinos, contribuindo para a igualdade dos gêneros. Nas roupas, os detalhes e cortes dos uniformes masculinos eram adaptados a silhuetas mais curvilíneas, mantendo todos os códigos dos trajes militares. E foi assim, que essas peças começaram a influenciar o modo de se vestir de outras mulheres por volta dos anos 40.

 

Army-Now-by-Aneta-Kowalczyk-for-W25-Magazine-DesignSceneNet-06-Militarismo-Fashion-Amey

 

O militarismo e sua jornada na Moda:

Por volta dos anos 40 – os tailleurs ganharam uma pegada de uniforme: ombreiras militares apareciam nas jaquetas e as cores camufladas substituíram as cores pasteis da época.

 

Militarismo-Fashion-Amey-Magazines

 

Anos 60 – O militarismo volta a ser muito usado tanto por mulheres quanto por homens de diferentes idades e estilos e manifestantes usavam as roupas temáticas como um manifesto anti-guerra. A alfaiataria e o  unissex ganhou força com os jeans e as camisas sem gola. Pela primeira vez, a mulher ousava se vestir com roupas tradicionalmente masculinas, como o smoking – lançado para mulheres por Yves Saint Laurent em 1966.

 

Anos-60-Militarismo-Fashion-Amey

 

Durante os anos 90 – O  movimento grounge não deixou a desejar no uso do militarismo, em uma mistura de punk e heavy metal ao som distorcido de guitarras e versos confessionais e melancólicos de bandas como SoundgardenNirvana e Pearl Jam, e com o uso de camisas de flanela, jeans e vestidos vintage fizeram parte do vestuário e muita transgressão! As jaquetas eram as rainhas da vez: de couro com ombreiras, jeans com muitos bottons e a queridinha bomber voltaram com tudo direto dessa década para as tendências atuais.

 

Anos-90-Militarismo-Fashion-Amey

 

Nas temporadas mais recentes – os designers criaram versões de alfaiataria com a atitude irreverente do passado e muito mais informação fashion.  Mix de estampas florais são impressas em cima de camuflados, saias lápis são combinadas com jaquetas inspirada nas dos oficiais de exércitos e o verde veio para permear todos os looks.

 

Militarismo-Fashion-Amey-Verde

 

Para fugir do aspecto caricato as grifes inovaram na modelagem e apostam em uma versão mais ‘chic’ e “glam” do militarismo, transformando-o em ícone fashionista. A moda militar, dessa vez, aparece com uma pegada mais fetichista. Ou seja, abusa dos tecidos pesados e cortes mais retos, sem dispensar a sensualidade das fendas e decotes. A Amey apresenta o militarismo com alfaiataria e modelagens mega femininas com looks ajustados ao corpo como saias lápis e casacos estruturados com ombros e cintura marcados.

 

Looks-Militarismo-Fashion-Amey

ROUBAR LOOK

 

sepatris

Como usar:

E a trend mais quente para compor o militarismo é com certeza – o menos é mais! Nas passarelas observamos as maquiagens bem neutras, os batons escuros são deixados de lado e o nude toma conta de nossas bocas, os olhos nada, apenas com cílios bem curvados e preenchidos, unhas neutras e sobrancelhas marcadas revelam um look andrógino e unissex, carregado de sensualidade.

 

Militarismo-Fashion-Amey

 

ROUBAR LOOK

sepatris

Acessórios e sapatos:

As versões mais femininas são as que mais ganham olhares nessa estação. Saltos finos, cores delicadas e botas com petches são febre pra combinar com o militarismo!

 

Amey-Tendencia-Militarismo

Para os acessórios – quase nada! Os brincos de argola voltaram com tudo: se joga! Dourados ou pratas, a argola que foi sucesso nos anos 80 voltam com um ar mais sofisticado. E fique de olho no Lilás! Essa cor promete. A dica é mesclar cores leves com o tom militar em bolsas, e maxis colares fazem todo a diferença, tornando o visual ainda mais digno de uma diva!

sepatris

Inspiração:

sepatris

Estamos falando da cor do ano eleita pela Pantone. Greenery, nome dado para a cor do ano de 2017, que transmite muita energia e leveza. É uma cor única, tropical, alegre e inesperada e com certeza, o verde que virou o novo preto!

 

pantone-greenery-Amey-Tendencia-Militarismo

sepatris

Sabemos que verde e militarismo tem tudo a ver, e essa escolha é mais uma prova de que esse é o ano do militarismo!E pra você que ainda não viu nossa matéria sobre a cor do ano de 2017, o link é esse aqui : http://Cor do ano | Blog | Amey

sepatris

Amey-Tendencia-Verde-Greenery-E-Militar

 

A Amey é a marca da mulher marcante, decidida e independente que gosta de atrair olhares e fazer de qualquer lugar uma passarela para sua beleza. Sofisticação e elegância são as principais características do nosso público: aquela mulher que se transforma em uma verdadeira diva usando a roupa certa. Conheça a Amey.

@AmeyClothing

Siga-nos no instagram

Top